sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Conhecendo Mentes - Isabela Cristina

Isabela Cristina da Silva (17) é natural da cidade de Catalão, interior de Goiás, e decidiu se mudar para Goiânia na finalidade de cursar Jornalismo na Universidade Federal de Goiás (UFG). Foi lá que nos conhecemos, percebi que esta garota é extremamente incrível, dócil e muito talentosa. Nada melhor do que conhecer melhor sua mente, o que ela tem a nos dizer na coluna "Conhecendo Mentes" do Blog. Então caros leitores, vocês poderão conhecer a Isabela, artista de primeira, pelas respostas que ela deu a uma pequena entrevista. Espero que gostem!

Minha grande amiga do curso de Jornalismo, Isabela Cristina (Foto por ).

Lucas Afonso: O que a arte te proporciona?

Isabela Cristina: A arte, em suas mais variadas formas, me proporciona algo como um escape da realidade, um universo alternativo onde posso me expressar genuinamente, além de descobrir mais sobre mim mesma através da forma como os outros fazem arte. 

Espaço onde Isabela deságua sua criatividade.
Lucas: Acredita que atividades recreativas que envolvam produções artísticas possam ajudar pessoas que estejam passando por algum tipo de dificuldade?

Isabela: Com certeza! Digo isso por experiência própria, já que passei por vários momentos difíceis e dentro da arte, o desenho foi uma maneira que encontrei de transformar todas as coisas ruins em criatividade. Exercitar esse lado artístico nos faz ver o mundo de outra forma, com mais beleza, até mesmo nas coisas que nos fazem mal. Dessa forma, acredito que as pessoas se sentem inspiradas a mudar o ambiente a sua volta, enchendo-o de atitudes positivas. 

Lucas: Criação é?

Isabela: Essa é uma pergunta bem complexa, o conceito de criação é extremamente subjetivo. Mas de forma geral, creio que seja colocar-se em algo, juntar fragmentos de tudo o que nos cerca e derramar um pouco de si naquilo. Em minha opinião, é assim que deixamos nossa marca no mundo, através do que criamos, do que contém nossos rastros enquanto estivemos aqui. 

Lucas: O que o curso de Jornalismo está contribuindo em sua vida?

Isabela é bastante engajada em causa veganas e do vegetarianismo.
Isabela: Acho que o que mais me proporciona mudança e crescimento, além do curso em si, é a experiência que ele está representando, conhecer novas pessoas, com todos os tipos de vivências e opiniões, saber que há muito mais no mundo do que eu pensava, é extraordinário. Aprendi muito sobre a vida acadêmica, os trabalhos, as complicações, está sendo realmente um desafio, porém, depois de concluir o primeiro semestre, sinto que até mesmo as dificuldades e infortúnios contribuíram para que eu me tornasse uma versão melhor de mim. O Jornalismo é uma carreira admirável, mesmo não tendo certeza se seguirei na profissão, a experiência me fez aprender coisas muito valiosas, que levarei comigo para qualquer caminho que venha a escolher. 

Lucas: Quer seguir carreira como jornalista ou pensa em outra profissão?

Isabela: Sempre tive afinidade com as artes, por isso queria muito seguir uma carreira que me desse a oportunidade de trabalhar nesse meio, poder criar coisas. Apesar das dificuldades no mercado de trabalho, creio que será algo que me trará muita satisfação pessoal, aquele calorzinho no coração de fazer algo que tenha um impacto positivo na sociedade ou na vida de alguém individualmente. O Jornalismo, a meu ver, é contar a história daqueles que são frequentemente silenciados, mostrar que há muito mais do que o padrão, por isso, é uma carreira maravilhosa a se seguir, vejo que vários de meus colegas realmente foram feitos para isso, mas não me sinto tão à vontade nesse meio. Ainda não sei ao certo o que o futuro há de trazer. 
Lindo desenho feito por Isabela de uma representação
animada de nossa amiga Jhiwslayne Vieira.

Lucas: Quais são as causas sociais que mais te afligem?

Isabela: Se fosse numerar todas não acabaria nunca: machismo, racismo, crueldade animal, LGBTfobia, a lista é muito extensa. Tento fazer o máximo para contribuir com a extinção dessas causas, além de conscientizar todos a minha volta sobre como tudo isso é problemático. Às vezes é muito difícil ver as coisas boas que nos cercam já que essas questões são extremamente gritantes e urgentes, na maioria das vezes as pessoas acabam ignorando tudo isso. É importante abrir os olhos para as injustiças que nos cercam, não só as que nos afetam diretamente, mas as que concernem todos os seres vivos. 

Lucas: Quais são seus hobbys?

Isabela: Gosto muito de ouvir música, desenhar, assistir filmes ou vídeos bastante aleatórios no Youtube, conversar com os amigos, explorar algum lugar que ainda não conheço ou acompanhar pessoas em coisas que parecem extremamente desinteressantes, tudo pela aventura. 

Lucas: Como está sendo a experiência de viver longe de sua família?

Isabela: Acho que é a coisa mais difícil que já tive que fazer, deixar tudo o que era familiar para trás e começar do zero, sem conhecer basicamente ninguém, não foi fácil. Os primeiros dias foram muito estranhos, achei que não fosse conseguir segurar tudo sozinha, mas com o passar do tempo acabei conhecendo pessoas maravilhosas que me ajudaram imensamente a me adaptar nessa nova fase, isso foi crucial para que eu não desmoronasse de vez. Descobri milhões de coisas novas sobre a vida e o "mundo real" e sei que ainda tenho mais uma infinidade para descobrir, é com certeza uma grande aventura. 
Os traços são um dos apetrechos mais encantadores na jovem.

Lucas: Música é?

Isabela: Música é tudo! Eu não estaria aqui se não fosse pela música, a vida não faz sentido sem uma boa trilha sonora, não importa o gênero que te agrada, creio que a música é um instrumento magnífico para fazer tudo valer a pena. Inclusive, tenho várias playlists no Spotify (risos), vou deixar aqui o link de uma das minhas preferidas, chamada "Get growing, dear child" - https://open.spotify.com/user/12161678990/playlist/6ZCD48GgPYBqY1ox9NhljF - nela eu coloco músicas positivas, que de alguma forma me ajudam na difícil tarefa que às vezes é viver. Espero que gostem! 



Lucas: Deixe uma mensagem aos leitores que você acredita que possa acrescentar algo a suas vidas.

Isabela: Uma coisa muito valiosa que aprendi nos últimos meses, com toda essa mudança, foi que todos têm suas dificuldades, nada é fácil, porém, temos que tentar fazer o melhor com o que temos, mesmo que às vezes pareça inútil tentar. Uma pequena atitude de bondade e gentileza pode mudar o dia de alguém, mesmo que não acabe com todas as coisas ruins do mundo, pode ajudar uma pessoa a passar por um dia ruim. Estar consciente de que o sofrimento de todos os seres vivos a nossa volta importam, é o caminho para um mundo, de alguma forma, melhor.

Lindíssimo desenho digital feito pela Isabela, de fato, seu talento é admirável e muito bem trabalhado.

Se você quer comentar algo a respeito de algo que a Isabela disse na entrevista ou qualquer outro comentário que ache pertinente fazer, fique a vontade para comentar abaixo. Não se esqueçam de clicar em "participar deste site" para ser seguidor do Blog e ficar por dentro de todas as novidades. Siga-me no Twitter (@comlucasafonso) e curta a página do Com Lucas Afonso (Página do Facebook) para ficar ligado no que ando postando por aqui. Grande abraço!


Por Lucas Afonso de Souza.

4 comentários:

  1. De longe uma das pessoas mais geniais que eu conheço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela encanta as pessoas de uma forma impressionante!

      Excluir
  2. Parabéns Isabela Cristina a pessoas que nascem para brilhar e você é uma delas é que seu brilho nunca possa se ofuscar

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...